Vamos jogar RPG?!

53

O mercado nacional de RPG nunca esteve em um momento tão interessante quanto agora. O hobby vem caindo nas graças de cada vez mais pessoas ao redor do país, reunindo talentos da interpretação, da narração e da ilustração. Mas, o que é esse tal de RPG?! RPG, sigla de Role Play Game (Jogo de Interpretação de Papéis), é um passatempo consagrado e cunhado na história pelos, lendários, Gary Gygax e Dave Arneson (claro,  com uma gigantesca equipe de apoio), através de um certo produto aí… conhecido como Dungeons & Dragons (sim, o desenho “Caverna do Dragão” foi uma adaptação de um RPG. :D).

Em geral, o jogo funciona da seguinte forma: você e um grupo de pessoas participam, interagem e compartilham da contação de histórias de uma outra pessoa, em geral, o(a) mestre ou o narrador(a). E, através de um sistema de regras e dados (as vezes cartas, as vezes moedas, as vezes… nada), que buscam emular a realidade proposta para essa história, vivenciam todo o tipo de coisa. Afinal de contas, a imaginação ainda é o limite para as coisas. Você quer ser um Nobre Anão, que mora mas montanhas e defende suas minas de ouro de um terrível Dragão? Pode. Ou não, você é um clone, em um mundo futurista, que acabou de escapar do laboratório que o criou, e agora, é perseguido(a) por assassinos pagos por grandes conglomerados? Pode também. Ou melhor: um vampiro que precisa lutar contra si mesmo, o mundo e uma sociedade sobrenatural e oculta cheio de intrigas?! Ótima ideia. Tudo é permitido. E é por isso que o hobby é considerado, até hoje, o melhor passatempo de todos os tempos.

Esse artigo não visa esmiuçar o hobby, mas sim, apresentar. Atualmente temos inúmeras editoras com produtos incríveis tais como: Redbox (Old Dragon), Jambô (3D&T, Tormenta e etc), Retropunk(Savage Worlds, Hora de Aventura e etc), Secular Games (Dungeon World, Psi Run e etc), Aster Editora (Sombras Urbanas, Travessias e etc), Gentle Ogre (Magical Fury, Maze Rats e etc), Fabrica Editora (Desmortos), New Order (Shadowrun, DCC e etc), Pensamento Coletivo (Espadas Afiadas & Feitiços Sinistros, Shadow of the Demon Lord e etc), Solar Entretenimento (FATE), Terra Incógnita(Call of Cthulhu), Devir (A Bandeira do Elefante e da Arara, Pathfinder etc) e mais uma infinidade de opções (também na gringa) para começar a se aventurar nesse(s) mundo(s) fantásticos e infinitos.

Jogue RPG. Experimente. Convide os(as) amigos(as) para uma sessão na sua casa, ou onde for possível. Você não precisa comprar para experimentar. Muitas editoras fornecem material gratuito, e existem muitos outros sistemas e livros de graça (de forma legal) por aí. E ajude a espalhar o hobby! Ele estimula a leitura, as interações sociais, o raciocínio e tantas outras competências essenciais para nossa vida. E deve, sempre, ser jogado e praticado com respeito, inclusão e acessibilidade. Todos(s) podem e devem se divertir. E aí, você já conhece RPG? Conta pra gente aqui nos comentários a sua opinião sobre o hobby.

Fonte/Imagens: Divulgação (Google).