H&M estrela a mais nova polêmica da publicidade...

TAMANHO PADRÃO - PORTAL PUBLICITÁRIO - CAPA

Em mais uma ação de marketing da gigantesca player do segmento da moda Hennes et Mauritz (mais conhecida como H&M), a polêmica não ficou de fora: na imagem usada como peça publicitária da ação, um garotinho negro está vestindo um casaco normal. Até aí tudo bem, certo? ERRADO. A legenda que acompanha a imagem diz, letra por letra “O macaco mais legal da selva”.

E é claro que a internet não perdoou. Diversas acusações de racismo na ação foram reportadas pelos(as) usuários(as) do Twitter. Coisas como “repugnante” ilustraram como foram as reações do público, que mais uma vez, não gostou nada da ideia. A H&M não é a única a cometer esse deslize. Em 2014, a Grife de roupa espanhola Zara retirou do mercado uma camiseta do segmento infantil, customizada com listras e uma estrela amarela bordada, remetendo muito fortemente aos uniformes usados pelos Judeus nos famigerados campos de concentração dos Nazistas, durante a 2ª Guerra Mundial.

Em um outro exemplo, ocorrido em Outubro de 2017, a marca Dove apostou em um anúncio que ilustrava uma modelo negra que, ao tirar a camiseta que estava usando, se transformava em uma mulher branca e ruiva.

Assim como as empresas citadas, a H&M publicou uma nota de desculpas nessa segunda-feira (08/01), removendo a imagem de toda as suas redes. E aí, o que você acha sobre esse assunto? Cabe a repetição desse tipo de erro nos dias de hoje? As empresas precisam fazer mais do que pedir desculpas? Deixa a sua respeitosa opinião nos comentários.

Fonte: G1 | Imagens: Twitter.

3 GOSTEI
0 NÃO GOSTEI

Publicitário, Jornalista, Social Media, Redator, Designer, Nerd e Freelancer de Silvio Santos.

Comente pelo Facebook