Conheça o projeto “Young, Gifted and Black”

51

Através de um projeto suportado pelo site de financiamento Catarse, duas amigas despertaram a nossa atenção, novamente, para uma verdade bem incômoda: a ausência de mulheres negras nas peças/ações publicitárias brasileiras. Segundo a pesquisa feita pelas idealizadoras do projeto “Young, Gifted and Black”, apenas 21% das imagens publicitárias de mulheres contam com negras. Mais especificamente, em redes sociais/mídias digitais, temos uma redução de 16%. A origem do nome do projeto vem da música da cantora de música clássica, blues, folk, R&B, gospel e pop: Nina Simone. A música, que traduzida significa “jovem, talentoso e negro”. Essa música entoou o movimento negro no período de luta pela igualdade dos Direitos Civis, nos Estados Unidos.

A base principal do projeto é criar um banco de imagens exclusivo com modelos negras, cujo todo o processo fotográfico também seja orquestrado por profissionais negras, prioritariamente, e contará com 21 fotos de início. E esse número, também não foi escolhido de forma aleatória: é baseado na lógica de uma teoria que afirma que qualquer pessoa demora cerca de 21 dias para mudar algum hábito. Portanto, cada imagem assumirá a forma de um dia novo para transmitir a mensagem de que, mulheres negras podem e devem atuar cada vez mais, em espaços diferentes.

“Young, Gifted and Black” conta agora com o nosso apoio no Catarse, você pode clicar aqui agora mesmo e fazer a sua parte! E aí, o que você acha de projetos dessa natureza? Deixa o seu respeitoso comentário abaixo.

Fonte: Catarse | Imagens: Google Imagens (Creative Commons).