Autonomia do usuário em novo News Feed pode ser decisiva para páginas

Depois de tantas mudanças nos algoritmos – as fórmulas que calculam o tipo de conteúdo que aparece primeiro no News Feed – o Facebook agora parece ter concentrado esse poder nas mãos de quem realmente sabe o que lhe interessa ou não: o próprio usuário.

É claro que as fórmulas têm a sua eficiência, e eu até tinha elogiado a última, como você pode ler nesta matéria.

Mas o fato é que, quando tudo isso chega à nossa tela, nada é tão exato assim. Muitos continuavam vendo cada vez menos os conteúdos de páginas que gostava ou perdendo posts de amigos. As marcas precisavam comprar sua audiência duas vezes: primeiro, patrocinando conteúdo para conquistá-la, e depois patrocinando conteúdo para garantir que seus próprios fãs o vejam. Pra acabar com isso, só mesmo compartilhando a função com o próprio user.

A novidade está na aba News Feed Preferences, onde é possível definir de maneira muito prática:

1. As pessoas e páginas que você deseja ver primeiro.

2. Os perfis que você quer deixar de acompanhar no News Feed.

3. Os perfis que você quer voltar a acompanhar.

4. Páginas novas que você quer conhecer.

Sobre os impactos da mudança no trabalho do Social Media para as marcas:

1. Vai precisar reanalisar as suas estratégias, seja para corrigir ou reforçá-las, visando estreitar o relacionamento e a experiência com a sua tribo (o nicho do projeto ou negócio) através de conteúdo relevante. As marcas que ainda não trabalhavam com esses conceitos poderão ter dificuldades uma vez que agora já passam a chegar mais atrás no News Feed. Uma esperança, nesse caso, pode ser uma não-alteração na variável dos posts patrocinados – Facebook Ads – após essa mudança.

2. A audiência, que pode perder quantidade em alguns casos, passa a ser mais qualificada. Ou seja, a mudança garante que o conteúdo chegue a quem precisa chegar, a quem tem afinidade real com a marca, garantindo que a rede continue social, e não de performance.

A novidade já está disponível desde do dia (09) para iOs e, nas próximas semanas, também para Android e Desktop.

Confira o vídeo oficial em que o Facebook anuncia a novidade:

0 GOSTEI
0 NÃO GOSTEI

Lucas Ferreira é publicitário em formação pela UFF-RJ. Pesquisa e desenvolve Planejamento de Comunicação e Redação Publicitária. Ama poesia e acredita nos delimites da palavra.

Comente pelo Facebook