10 tendências tipográficas para 2018

37

No mundo do Design, é sempre importante acompanhar as tendências de mercado, pois trabalhar com as principais práticas do momento reflete que a marca está antenada com o que há de mais popular e atualizada com o que acontece no mundo.

Casos recentes como a disseminação do flat design e o foco no minimalismo e na limpeza visual ao invés dos efeitos tridimensionais e a volta com tudo de estéticas passadas como o degradê e o memphis design exemplificam como as tendências visuais impactam a comunicação mundial.

A tipografia é um dos fatores mais importantes na construção qualquer identidade visual.
Pensando nisso, a agência de design Branex listou as principais tendências relacionadas às fontes para o ano de 2018.


1. Serifas vão dominar
As serifas ou remates são aqueles pequenos prolongamentos que ocorrem no fim das hastes das letras, como a famosa Times New Roman, por exemplo.
Famílias tipográficas com serifa são consideradas mais legíveis para textos longos. Experimente pegar qualquer livro ou revista e folhear suas páginas… As histórias provavelmente estarão escritas em fontes serifadas.


2. Recordar é viver
As fontes que remetem aos anos 70 e 80 vêm com tudo para 2018.
Em tempos onde a nostalgia e os remakes dominam a indústria do entretenimento – alô, Stranger Things -, as chamativas combinações textuais do passado ainda estão em alta.


3. Quanto maior, melhor
Se a propaganda é a alma do negócio e onde quem não aparece, é esquecido, as combinações entre a força do negrito e o tamanho das fontes aparece como tendência para que as marcas se destaquem cada vez mais.


4. Recortes e sobreposições
Mesmo que elaborados de forma esteticamente simples, os textos aplicados em sobreposições de imagens e fundos atrativos têm tudo para chamar atenção.


5. Marca o texto, sublinha o texto
Duas das formas mais simples que utilizamos desde os tempos de escola para destacar informações importantes tornam-se tendência em busca de um design cada vez mais humanizado e minimalista.


6. Letras desenhadas à mão
A inteligência artificial ainda não substituiu nossa afeição natural às características humanas. Por isso, as fontes cursivas e de estilo manuscrito caíram no gosto popular no último ano e continuam fortes em 2018, especialmente para o design de marcas.


7. Meu gradiente tá vivo
A aplicação de tipografia forte sobre fundos em degradê continua em alta, principalmente os backgrounds que se utilizem de cores análogas e complementares da matiz cromática.


8. Fontes personalizadas
Para se aproveitar das tendências e ainda assim se diferenciar no mercado, as marcas buscarão desenvolver suas fontes próprias. Únicas.
Você pode entender melhor sobre isso lendo como a Globo reformulou seu mapa tipográfico.


9. Use e abuse das cores
Se artes divertidas e simpáticas saltam naturalmente aos nossos olhos, as combinações de fontes multicoloridas são uma ótima pedida para 2018.


10. Fontes transparentes
A aplicação de letras transparentes sobre fundos coloridos devem demonstrar ousadia e um claro cuidado com as artes para diferenciá-las das demais.

O estudo da agência Branex ainda revelou outros dados interessantes sobre as tendências tipográficas, como a Helvetica ainda continuar sendo a queridinha dos designers e mais de 50% das fontes utilizadas em títulos não possuírem serifa.
Você pode conferir o artigo completo aqui (em inglês).